Categorias
Notícias

Vereadores votam contra o próprio projeto e número de cadeiras na Câmara não muda

Conforme o Correio de Aguaí mostrou na edição do dia 2 de outubro, um projeto de lei que diminuía de 13 para 9 os vereadores em Aguaí iria ser votado e tinha grande chance de ser aprovado, uma vez que ele foi apresentado contando com a assinatura de todos os vereadores. Ou seja, era um projeto de autoria de todos os 13 vereadores da cidade.
Apesar disto, o número de vereadores não será alterado, pois, 8 vereadores votaram contra o próprio projeto, que acabou rejeitado. Assim, o número de vereadores continuará o mesmo na próxima legislatura. Os vereadores que votaram contra a diminuição foram: Amauri do Banco do Brasil, Odair da Chácara, Ditinho Rocha, Valdir Pozzer, Loro Turmeiro, Isaias do Pesqueiro, Emerson Vallim e José Lázaro.
A expectativa em relação à Câmara Municipal agora gira em torno do salário da próxima legislatura, que promete ter surpresas, quem sabe até um aumento de salário, após mais uma demonstração de pouca relevância da opinião e do interesse público sobre os votos dos vereadores na Câmara.
O prazo para a fixação do subsídio dos vereadores é de no máximo seis meses antes das eleições.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.