Categorias
Notícias

Assalto a carro forte na SP-340 termina com PM de Aguaí morto

Um assalto a dois carros-fortes no trevo que liga as SP-344 e SP -340, na manhã desta quinta-feira, dia 30, em Aguaí, deixou um policial militar aguaiano morto.

Os carros-fortes vinham pela SP-340 sentido Mogi Guaçu-Aguaí e ao chegarem no trevo que dá acesso a Aguaí foram abordados a tiros de fuzil pelos bandidos, que estavam em mais de um carro.

Um dos carros-fortes seguiu pela SP-340 e parou embaixo da ponte em sentido Casa Branca. Os bandidos chegaram até o carro e com os vigilantes fora dele, colocaram um bomba na porta do cofre, que não explodiu,e fez com que posteriormente à ação, o carro fosse isolado.

Já o outro carro forte conseguiu voltar, e na contra-mão, foi seguido pelos ladrões até a base da Policia Militar Rodoviária. Na hora, havia apenas um policial no local e a troca de tiros entre ladrões, vigilantes e policial rodoviário seguiu. O carro forte teve o cofre explodido e os ladrões fugiram com um SUV Mercedes, que deve ter sido furtado em São Paulo, em função da placa, foi abandonado poucos quilômetros à frente, sentido Casa Branca, com o pneu furado.

Outro veículo que ao que parece serviu apenas de apoio, localizado em cima do trevo de frente com a pista que vem de Aguaí, foi o que causou a tragédia da ação.

Do veículo que pegou fogo depois, os bandidos atiraram contra a viatura da PM de Aguaí que se dirigia ao local, e acertaram o policial Branco, que não resistiu aos ferimentos e morreu.

A ação dos criminosos terminou ainda com um policial rodoviário e um vigilante feridos.

6

3

5

4

2

20141030_110857

7

8

9

 

 

Categorias
Notícias

Agência do INSS de Aguaí será inaugurada nesta quarta-feira, dia 22

A nova Agência da Previdência Social de Aguaí será inaugurada nesta quarta-feira, dia 22, em cerimônia a ser realizada às 10 horas, que contará com representantes do Ministério da Previdência Social. A previsão é que sejam realizados cerca de 950 atendimentos por mês.

A unidade vai funcionar na Rua Marechal Floriano Peixoto, 708, Centro, das 8h às 14h, de segunda a sexta-feira.

A agência Aguaí vai disponibilizar todos os serviços da Previdência Social como informações,  inscrição de contribuintes, requerimento de  aposentadoria, pensão e auxílios, entre outros benefícios.

Com a nova agência em Aguaí, a Previdência Social passa a ter 242 unidades de atendimento ao público no Estado de São Paulo.   A Agência em Aguaí é administrada pela Gerência Executiva do INSS em São João da Boa Vista, que também responde pela agência do próprio município e das cidades de Espírito Santo do Pinhal, Itapira, Leme, Mococa, Mogi-Guaçu, Mogi-Mirim, Pirassununga, São José do Rio Pardo, Porto Ferreira, Santa Cruz das Palmeiras, Casa Branca, Descalvado e Tambaú, além do PREVCidade Vargem Grande do Sul.

Nessa região, o INSS paga mensalmente R$  242,3 milhões em benefícios a 238.026 aposentados, pensionistas e outros beneficiários.

 

 

Categorias
Notícias

Russomanno, Tiririca, brancos e nulos chegam a quase metade dos votos aguaianos

Agalmo Moro Filho

As eleições 2014 em Aguaí foram tranqüilas, sem nenhum incidente, e seguiu a tendência nacional e estadual de votação para presidente, governador e senador. Porém, um fato que merece atenção não foram os votos, mas os não-votos, que chegam a quase a metade da população aguaiana apta a votar.
Na votação para presidente, a tendência da votação foi a mesma dos candidatos no estado de São Paulo, onde Aécio Neves foi o primeiro colocado. Em Aguaí, ele ficou com 8.184 votos (49,85%), diante de 4.716 votos (28,79%) de Dilma Rousseff e 3.076 votos (18,74%) de Marina Silva.
Na escolha do novo governador, os três mais votados pelos aguaianos foram: Geraldo Alckmin 9.202 votos (59,83%), Paulo Skaf 3.206 votos (20,85%) e Alexandre Padilha 2.757 votos (17,93%). A votação também acompanhou a tendência dos votos no estado.
Os deputados mais votados da cidade foram o sanjoanense João Otávio Bastos, candidato a deputado estadual, com 2.850 votos e o riopardense Silvio Torres que concorria a deputado federal e teve 2.364 votos. Silvio Torres conseguiu um novo mandato, já João Otávio não se elegeu.
Os candidatos que foram mais votados no estado, o palhaço Tiririca (1,01 milhão de votos), e Celso Russomanno (1,52 milhão de votos), também conseguiram muitos votos em Aguaí. Os dois juntos alcançaram 19,81 % dos votos válidos dos aguaianos. Russomanno teve 1.962 votos e Tiririca 1.056 votos em Aguaí.

Votos (in) válidos
Além da grande votação de Tiririca, chamou a atenção o grande número de votos brancos e nulos nas votações para o legislativo. Os ausentes da votação neste ano (abstenção) foram 23,69%, dos aptos a votar, diante de 20,66% em 2010, quando foram votados os mesmos cargos.
Se forem somados os votos brancos e nulos para os cargos do legislativo e a abstenção, se vê que quase metade dos aguaianos não votaram para estes cargos. Para senador o total da soma atinge 49,73 %.
Na votação para deputado estadual, de um total de 24.424 eleitores aptos a votar em Aguaí, foram 14.710 votos válidos. Foram 2.398 votos em branco e 1.530 nulos.
Já na votação para deputado federal o número de votos válidos foi de 15.228, com 2.036 em branco e 1.374 nulos. Somados os votos de Tiririca e Russomanno com os brancos e nulos, se chega à surpreendente quantia de 6.428 votos, ou seja, 42,2 % dos votos dos aguaianos.
Para a escolha de presidente os votos válidos chegaram a 16.418. Os votos em branco foram 1.105 e os nulos alcançaram 1.115. Para governador foram registrados 15.380 votos válidos. Brancos foram 1.684 e nulos 1.574 votos.
No sufrágio para senador os votos válidos foram os mais baixos dentre todos, com 13.785. Os votos em branco chegaram a 2.285 e os nulos ficaram em 2.568, que chegam a 26,04 % do total dos votos das pessoas que foram até às urnas na cidade. Este percentual é praticamente igual ao registrado no estado de São Paulo para senador, onde se registrou 26,22 %. Se somados à abstenção de 23,69, se vê que metade dos aguaianos não votaram para senador.

Categorias
Notícias

Mariane Ferreira mira Olimpíadas no Paraciclismo

A ciclista aguaiana Mariane Ferreira está dando andamento a uma nova experiência como ciclista guia de uma atleta com Deficiência Visual. O convite surgiu neste segundo semestre da temporada. A atleta Márcia (deficiente visual) mira as Olimpíadas Rio 2016. Como a aguaiana já estava em projeto olímpico, foi convidada a se preparar junto com ela para Rio 2016. As atletas representarão a equipe de Santos/Memorial.
Mariane Ferreira recentemente lançou um projeto social de ciclismo em Americana, com deficientes visuais, através do convite da ciclista Gimena Stocco, e com isso despertou ainda mais o interesse pelo esporte Paralímpico.