Categorias
Notícias

Conta de luz aumenta 35% em Aguaí

A partir do dia 27, a conta de luz de 2,4 milhões de consumidores residenciais atendidos pela Elektro, entre eles os de Aguaí,  será reajustada em 35,7%. No agrupado para consumidores de baixa tensão, o aumento será 35,9%. As novas tarifas foram aprovadas neste dia 19 de agosto, durante reunião de diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A medida afetará 223 municípios localizados no estado de São Paulo e cinco em Mato Grosso do Sul.

De acordo com a Aneel, o item que mais impactou o reajuste da Elektro foi o aumento dos custos que a empresa teve com compra de energia. Fatores como aumento nos custos com transporte de energia e pagamento de encargos setoriais também influenciaram. Para os consumidores de alta tensão, o aumento será de 40,7%. Com isso, o efeito médio do reajuste ficará em 37,78%.

Para calcular o reajuste, a Aneel considera a variação de custos que a empresa teve no ano – cálculo que inclui custos típicos da atividade de distribuição, sobre os quais incide o IGP-M, além de outros custos que não acompanham necessariamente o índice inflacionário. Entre eles, a compra de energia, encargos de transmissão e encargos setoriais. (agência Brasil)

 

Categorias
Notícias

SAMU informa que atendimento em acidente ocorreu em 8 minutos.

O Correio de Aguaí recebeu um contato da Comunicação do SAMU Regional em que esclarecem que o tempo de atendimento do SAMU foi diferente do noticiado pelo jornal no acidente ocorrido entre uma moto e um carro, que levou à explosão da moto.

Conforme noticiou o Correio, com base em informações que pessoas que estavam no local do acidente, o tempo teria sido de cerca de meia hora. No entanto, o SAMU informou que o tempo de resposta foi de 8 minutos, sendo que em 10 minutos o acidentado já estava na maca.

 

Categorias
Notícias

Moto de Aguaí explode em colisão e deixa condutor com sérias queimaduras

Um acidente ocorrido no início deste sábado, dia 2, envolvendo um carro, com placa de Mogi Guaçu, e uma moto de Aguaí, deixou o motociclista gravemente ferido.  Após a colisão, a moto explodiu e causou sérias queimaduras por todo o corpo do motociclista. A roupa do motociclista ainda queimava ao lado da moto mais de meia hora após o acidente.

O carro descia pela rua 13 de maio e não parou no cruzamento da rua Carlos Gomes, em frente à praça Getúlio Vargas e bateu contra a moto que vinha no sentido preferencial.

A explosão aconteceu porque o tanque de combustível da moto foi perfurado com a batida. O motociclista, com as graves queimaduras, agonizava, e teve ainda que esperar no local por cerca de meia hora, até a chegada do SAMU, que fez a remoção.

 

20140802_190705

20140802_19091020140802_19075120140802_191020