Categorias
Notícias

Após três anos negativo, saldo de empregos em janeiro é positivo

Agalmo Moro Filho –

O Ministério do Trabalho divulgou nesta quinta-feira, dia 20, os dados sobre a criação de empregos no Brasil no mês de janeiro de 2014 e os números mostram o país foram positivos e seguiu a tendência de 2013, enquanto Aguaí, parece ter mesmo revertido um ciclo preocupante de fechamento de vagas.

No Brasil, no primeiro mês deste ano, foram criadas 29.595 vagas de emprego formal. O resultado apresentou basicamente a mesma dinâmica de janeiro de 2013, quando haviam sido criadas pouco mais de 28 mil vagas. O mês de janeiro ano passado e o deste ano foram os dois mais negativos desde a crise de 2009, quando foram fechados mais de 101 mil postos de trabalho formal. No mesmo mês em 2010, 2011 e 2012, a criação de postos de trabalho superou a casa dos 100 mil – 181,4 mil; 152 mil e 118,8 mil, respectivamente.

Analisando os dados de Aguaí neste mesmo período, nota-se que ainda que os empregos formais criados em Aguaí sejam pífios diante da demanda, o quadro é de reversão de saldos negativos.
Entre os anos de 2009 e 2013 os números de janeiro em Aguaí foram os seguintes: 2009 (- 39), 2010 (8), 2011 (- 99), 2012 (- 143), 2013 (- 79). Em janeiro de 2014 o saldo foi de 11 empregos.
Conforme mostrou o Correio de Aguaí na edição de 31 de janeiro deste ano, Aguaí reverteu dois anos de saldo negativo de empregos quando foram fechados 300 postos de trabalho em 2011 e 68 em 2012, sendo abertos 164 no ano passado.
O número de empregos formais se dá através da diferença entre demissões e admissões ocorridas. Neste mês de janeiro na cidade foram registradas pelo Ministério do Trabalho 295 admissões e 284 demissões.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.