Categorias
Notícias

Prefeitura vai assumir hospital para reforma e funcionamento

Nessa semana o chefe de gabinete da prefeitura de Aguaí, o advogado Marcos Rodrigues da Silva, confirmou a posição do prefeito Tião Biazzo de que a prefeitura vai cuidar da destinação do hospital da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Aguaí, que teve suas atividades encerradas pela Justiça, conforme divulgou o Correio de Aguaí.

Segundo Marcos, a prefeitura assumirá os débitos trabalhistas do cerca de 90 funcionários e assumirá o ativo, e consequentemente os passivos, da Irmandade, que teve as atividades encerradas.

Desta maneira, a prefeitura fará toda a reforma necessária para corrigir as deficiências estruturais apontadas pelos órgãos fiscalizadores. O Correio apurou que um engenheiro já visitou o local para elaborar o projeto.

Com o hospital reformado, conforme contou o chefe de gabinete, o prefeito estudará se transformará o local em um hospital municipal, administrado portanto, pelo poder público municipal, ou se fará uma parceria com algum grande hospital da cidade de São Paulo.

Nesse período de reforma a prefeitura manterá profissionais de saúde fazendo a transferência para outras cidades dos pacientes de Aguaí que necessitem de internação ou atendimentos que não puderem ser feitos no pronto socorro. Segundo apurou o Correio, pode haver uma parceria, remunerada por Aguaí, para atendimento dos pacientes na Santa Casa de São João da Boa Vista. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.