Categorias
Notícias

Dois turnos pode adiar aumento

A Câmara Municipal aprovou em sessão extraordinária em primeiro turno o projeto que lei que aumenta para R$ 1 mil o piso salarial do funcionalismo público. A aprovação foi por unanimidade.
Para ser sancionada, a lei precisa agora ser aprovada em segundo turno, que tem que ocorrer com um espaço de dez dias. Com isso, a nova votação deve acontecer na sessão ordinária do dia 4 de fevereiro, o que pode fazer com que o aumento seja pago somente no próximo mês.
Caso o pagamento do funcionalismo seja efetuado antes do dia 5, o aumento deve ser pago no próximo mês, de maneira retroativa, ou seja, o valor referente a janeiro seria pago no próximo salário.
Na sessão extraordinária também foram aprovados os projetos que preveem o aumento nas subvenções que o poder público repassa a entidades do município. (A.M.F.)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.